×
ArabicEnglishFrenchItalianJapanesePortugueseSpanish

Companhias Aéreas

LATAM Brasil emite nota e explica o motivo dos desligamentos

A empresa tentou ao máximo negociar, porém, o SNA não mostrou entendimento da "realidade mundial" e não demonstrou flexibilidade.


LATAM Brasil emite nota e explica o motivo dos desligamentos

A Latam informa que, após a confirmação do resultado da assembleia conduzida pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) na data de hoje, 31/7, teve a proposta de futura alteração do modelo de remuneração rejeitada e iniciará o processo de redução do quadro de tripulantes.

De hoje, 31/7, até o dia 4 de agosto a empresa abrirá processo de pedido de demissão voluntária (PDV) e, após essa data, serão iniciados os desligamentos de no mínimo dois mil e setecentos tripulantes.

A pandemia do COVID-19 representa a maior crise de saúde pública da história e está afetando drasticamente toda a indústria mundial da aviação. A LATAM é a maior e mais antiga das três empresas que atuam no Brasil e remunera mais os tripulantes tanto em voos domésticos quanto em internacionais, por isso, a empresa tem a necessidade de equiparar-se às práticas do setor. Diversas vezes essa pauta foi objeto de negociação com o sindicato, contudo a atual crise torna essa medida ainda mais imprescindível para a LATAM.

A empresa sempre esteve aberta ao diálogo com o objetivo de preservar o máximo de empregos possíveis e manter a sua sustentabilidade no longo prazo.