×
ArabicEnglishFrenchItalianJapanesePortugueseSpanish

Companhias Aéreas

Emirates retira assentos Economy para aumentar capacidade de carga de B777, assista o vídeo

Sete aeronaves já foram modificadas pela equipe da Emirates Engineering, e outras três aeronaves devem estar prontas em meados de julho de 2020


Emirates retira assentos Economy para aumentar capacidade de carga de B777, assista o vídeo

A Emirates aumentou a capacidade de carga de aeronaves Boeing 777-300ER com a remoção de assentos da cabine da Classe Econômica, uma adotada para atender à alta demanda de carga aérea e transporte rápido, como equipamentos de proteção individual (EPIs), produtos farmacêuticos, equipamentos médicos, alimentos, máquinas e outros suprimentos em todo o mundo.

A Emirates SkyCargo vai operar dez aeronaves Boeing 777-300ER com assentos da Classe Econômica removidos, permitindo até 17 toneladas ou 132m³ de capacidade de carga adicional por voo, além da capacidade de carga de 40 a 50 toneladas no porão. As aeronaves modificadas estão sendo utilizadas em rotas para os principais mercados produtores e consumidores onde a Emirates SkyCargo identifica alta demanda de transporte de mercadorias essenciais com urgência.

A modificação das cabines da Classe Econômica de 10 aeronaves Boeing 777-300ER da Emirates está sendo realizada nas instalações da Emirates Engineering em Dubai, e cada aeronave exige cerca de 640 horas-homens de trabalho para a modificação. Os engenheiros removem 305 assentos da Classe Econômica da aeronave, adicionam equipamentos de segurança e realizam testes de suporte de carga regularmente durante o processo. Sete aeronaves já foram modificadas pela equipe da Emirates Engineering, e outras três aeronaves devem estar prontas em meados de julho de 2020.

“Desde o início da pandemia da Covid-19, a Emirates SkyCargo tem levado muito a sério sua responsabilidade de conectar pessoas e negócios em todo o mundo transportando mercadorias essenciais com urgência. Nas aeronaves Boeing 777-300ER da Emirates com cabines da Classe Econômica modificadas, poderemos transportar ainda mais carga por voo, permitindo a entrega de mais carga no destino e de maneira mais rápida, contribuindo para operações de carga mais eficientes”, disse Nabil Sultan, vice-presidente sênior da divisão de carga da Emirates.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Emirates Airlines / Mercado e Eventos